quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Encontro com Mazé Torquato Chotil


A jornalista brasileira Mazé Torquato Chotil, doutora em Ciências da Informação e da Comunicação pela Universidade de Paris VIII e pós-doutoranda em Ciências da Informação e Comunicação da École des Hautes Études En Sciences Sociales da França, apresentou a palestra Narrativas e Memória ​no dia 17 de novembro das 9h30 às 11h30 no Anfiteatro da Biblioteca da Universidade de Sorocaba.
Ela apresentou os resultados preliminares de sua pesquisa cujo corpus consiste em 137 trabalhadores brasileiros exilados ou banidos durante o período de 1964-1985 devido ao regime militar. Como base documental, a pesquisadora dedicou duas semanas de pesquisas no acervo do Departamento de Ordem Política e Social (DOPS) e reuniu trabalhos já feitos por outros pesquisadores sobre os operários e trabalhadores de outras categorias que foram obrigados a deixar o país no período. Ela também realizou 42 entrevistas em profundidade com os exilados, muitos deles torturados antes de deixar o país.
Mazé Chotil vive em Paris desde 1985, quando se casou com o poeta e compositor francês Bernard Chotil, e tem dois livros publicados em português: Minha aventura na colonização do Oeste (ADC Editora, 2014) e Lembranças do Sítio (ADC Editora, 2012).
A palestra, que foi aberta a todos interessados, faz parte das atividades do Grupo de Narrativas Midiáticas (NAMI), da Uniso, Grupo de Pesquisa que é liderado pelas Professoras Doutoras Míriam Cristina Carlos Silva, Monica Martinez e Tarcyanie Cajueiro (NAMI).

Nenhum comentário:

Postar um comentário